Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira

O Curso de Formação 2019 – HISTÓRIA DAS LUTAS SOCIAIS NO BRASIL está com inscrições abertas para o seu próximo módulo “O Movimento de Mulheres no Brasil”, que será realizado nesta sexta-feira (11), das 19 às 22 horas. A aula será ministrada pela professora Danielle Jardim.

Clique aqui para se inscriver no curso ou mande e-mail para registro.sepe@gmail.com.

Também estão com inscrições abertas os próximos módulos:

• 18 de outubro – “Movimento Negro contemporâneo" (Coordenação a definir)

• 25 de outubro – “A luta pela terra desde os anos 1980 e o MST” (Coordenação Paulo Alentejano)

• 01 de novembro – “Do novo sindicalismo ao quadro sindical atual” (Coordenação Teones França)

• 08 de novembro – “Lutas sociais a partir de junho de 2013” (Coordenação a definir)

• 13 de novembro – “Lutas Sociais a partir de junho de 2013” (Coordenação Rafael Vieira)
 Há cobrança diferenciada de taxas, sendo:

1) FILIADOS = R$ 5,00 (cinco reais) por módulo;

2) FILIADOS A ENTIDADES DA EDUCAÇÃO = R$ 10,00 (dez reais) por módulo;

3) NÃO FILIADOS = R$ 20,00 (vinte reais) por módulo.

Os valores serão revertidos para o SEPE e tem o intuito de fortalecer a campanha de filiação do sindicato.
Observação: Para confirmar a inscrição os interessados deverão efetuar o pagamento da Taxa de Inscrição na Tesouraria do Sepe ou via transferência/depósito bancário (BRADESCO Agência nº 3176 – Conta Corrente nº 23941-0; CNPJ:28.708.576/0001-27). Com o devido comprovante enviado pra o e-mail: registro.sepe@gmail.com. Caso não seja possível, a taxa poderá ser paga no local da atividade junto a coordenação do Curso. 

0

O Tribunal de Contas do Estado-RJ (TCE-RJ) cancelou a audiência com o Sepe-RJ e comissão de aposentadas e pensionistas da Educação que discutiria o grave problema dos atrasos no pagamento dos benefícios e pensões nos municípios de Duque de Caxias e São João de Meriti. A reunião com a presidente daquele órgão, Mariana Montebello Willeman, seria nesta terça-feira, dia 8.

O Sepe irá requisitar uma nova data, com a máxima urgência, pois o sindicato está convencido de que o TCE poderá auxiliar a resolver a grave e inexplicável crise no pagamento dos aposentados daqueles municípios, que vem se arrastando há anos. O Sepe inclusive já denunciou o problema à ALERJ e organismos internacionais, são eles: a Comissão Interamericana de Direitos Humanos; a Human Rights Watch no Brasil; a Organização Internacional do Trabalho (OIT); e a Federação Sindical Mundial-FSM.

0

No dia 01 de outubro, foi realizada no Sepe uma Plenária de educação especial. Veja os informes:
 
Participação do SEPE RJ na construção do Calendário 2020; eleição de Conselheiros; suspensão dos CEs parciais; manutenção do CE integral de 14/10; solicitação da manutenção do ponto facultativo para a rede municipal no dia 15/10; apresentação dos dados do requerimento de informação feito pelo gabinete do vereador Tarcísio Mota ao IHA; pedido de abono de ponto para a  Audiência Pública na Câmara do dia 08/10 às 9h30m (a SME ficou de confirmar a possibilidade de garantir 10 abonos por CRE).
 
Veja as propostas aprovadas:
 
Formação de comissão paritária para discutir as questões específicas de AAEEs; 
 
Realização de encontros regulares sobre Educação Especial no Sepe. O indicativo do próximo é para o dia 05/11, às 18h;
 
Confecção de faixa para participação da categoria no ato do dia 10 /10 com frase a ser definida pela comissão;
 
Elaboração de material e/ou artigo no boletim com as questões específicas dos AAEEs;
 
Denúncias de assédio, constrangimento e desvio de função deverão ser encaminhadas às direções das Regionais locais, à Direção Central ou pela página do sindicato;
 
Exigir a definição de critérios  quanto ao atendimento dos estudantes pelos agentes, conforme as especificidades das crianças e adolescentes;
 
Valorização dos agentes de apoio à educação especial, através de cursos de formação técnica ofertados pela PCRJ durante a jornada de trabalho;
 
Inclusão no PCCS da Rede;
 
A Formação adequada ao cargo, garantida pela Prefeitura nos moldes daquela oferecida aos secretários escolares;
 
Que o coletivo se aproxime de outros grupos e/ou movimento s que discutem educação especial;
 
Reunião com DJ do Sepe com data a ser definida;
 
Realizar Seminário Estadual de Educação Especial;
 
Construção de um manifesto.
0

O Sepe Belford Roxo tem buscado informações sobre o pagamento dos profissionais da rede municipal de educação, mas o governo não apresentou até o presente momento uma garantia ou perspectiva quanto à data de liberação das remunerações dos profissinais das escolas municipais.
 
Por isso, caso o pagamento não saia até amanhã (quarta feira, 09/10), convocamos para quinta feira (10/10), às 10h, toda a educação municipal para a realização de um ato de protesto em frente à prefeitura.
0