Agende seu Atendimento Virtual pelo Departamento Jurídico do Sepe nos fones: (21) 99992-4931 (9h às 11h); (21) 97133-7101 (13h às 15h); ou pelo email: juridico@seperj.org.br – segunda a sexta feira
Os profissionais da rede municipal de Magé realizaram ato na manhã desta quarta-feira (dia 9/1), na porta da prefeitura, para cobrar do prefeito Rafael Tubarão (PPS) o pagamento dos salários de dezembro. Procurada pela direção do Sepe Magé, a secretária municipal de Administração, Sandra Silva, prometeu que, a apartir de amanhã (dia 11), terá início o pagamento dos efetivos.
 
Desde o ano passado a prefeitura deixou de pagar no final do mês, como era costume do município, para pagar no limite legal, quinto dia útil. No segundo semestre, o governo começou a utilizar pontos facultativos municipais para justificar o adiamento do quinto dia, desregulando todo planejamento orçamentário dos servidores.
 
A categoria está marcando para sexta feira (dia 12/1), às 14h, um novo ato, exigindo que o prefeito elabore um calendário de pagamentos.
 
0

No dia 8 de janeiro, a direção do Sepe se reuniu com secretários de escolas da rede municipal do Rio. No encontro, os profissionais, que atuam em unidades de várias CREs, apresentaram uma pauta de reivindicações. O Sepe vai solicitar através de ofício para a SME esclarecimentos sobre os pontos apresentados pelos secretários na reunião.

A próxima reunião com este segmento da categoria já foi marcada para o dia 24 de janeiro, às 16h, no Sepe Central. A pauta foi definida da seguinte maneira: acúmulo de funções; gratificação de todos no mesmo nível; enquadramento para quem fez cursos; entre outros.

0

No final do ano passado, os profissionais de educação de Rio das Ostras, mobilizados pelo Sepe Rio das Ostras/Casimiro de Abreu conquistaram uma grande vitória: a eleição direta para diretores de escola no município – foram muitas reuniões e manifestações na prefeitura e na Câmara de Vereadores; enfim, uma longa jornada de lutas até a conquista da eleição direta, uma reivindicação histórica. 

Assista o vídeo da mobilização da categoria e da votação do projeto na Câmara. 

0