Saúde e DDHH
11/07/2018
Veja nota do MUDSPM RJ sobre as denúncias de improbidade administrativa de Crivella
NOTA DO MUDSPM-RJ SOBRE AS DENÚNCIAS DE IMPROBIDADE ADMINISTRATVA DE CRIVELLA:
 
Os áudios vazados de Marcelo Crivella confirmaram o que todo mundo já sabia: o prefeito mais impopular dos últimos anos usa a máquina pública para cuidar dos seus interesses, das suas pessoas. As outras, a maioria da população carioca, sofrem com a falta de atendimento nos hospitais, com a total precariedade da Educação, com a ausência de políticas públicas. Retiradas de direitos estão sendo implementadas para que os “amigos” continuem com privilégios.
 
Recentemente foi aprovado o PLC 59, que taxou aposentadas/aposentados em 11%, e liberou a Câmara Municipal e o TCM de pagarem a contribuição patronal. O Tesouro Municipal pagará este valor, o que fatalmente significará menos verbas para Saúde, Educação e investimentos para a população.
 
O PL 855, que poderia trazer medidas de capitalização do FUNPREVI, foi retirado de pauta de maneira inexplicável. Ele revogava um artigo da Lei 5.300, reconhecendo a dívida que o Tesouro Municipal tem com o FUNPREVI de mais de R$ 3 bilhões, em valores históricos. Ou seja, Crivella mantém a anistia feita por Paes.
 
O prefeito diz que não há verbas, mas continua isentando a FETRANSPOR do pagamento de ISS, mesmo com o aumento da passagem e a continuidade da dupla função de motoristas.
 
Empresas permanecem devendo bilhões aos cofres públicos, sem nenhuma punição.
 
O Secretário da Casa Civil e o Secretário de Educação protagonizam publicamente uma briga onde são feitas acusações sérias sobre a realização de contratos, levantando incertezas sobre a transparência das contas da Prefeitura.
 
Houve aumento das diárias de viagem e a imprensa noticia constantemente o aumento dos cargos comissionados, incluindo nomeação de parente de vereador. Mas para o funcionalismo, NADA! Já estamos no segundo ano sem recomposição salarial!
 
O governo aponta má gestão do antigo prefeito, mas vereadoras e vereadores da base de Crivella aprovaram as contas de Eduardo Paes, mesmo com recomendação contrária dos técnicos do TCM.
 
O prefeito tentou fechar até a Creche Institucional. Foi a luta e mobilização que garantiram o seu funcionamento.
 
Diante destes fatos, reafirmamos que as dificuldades alegadas pela Prefeitura não foram causadas pelos servidores.
 
Assim, mantemos nossa pauta de reivindicações, cobrando a recuperação do FUNPREVI, o reajuste anual, a volta do calendário original do pagamento, pagamento das metas, dentre outras. Não aceitamos menos do que isso, pois não existe outra saída que não seja a preservação dos nossos direitos. Estamos atentos e vamos lutar, com união e perseverança, para que o funcionalismo municipal e a população sejam tratados como merecem!
 
Nenhum direito a menos!
 
MOVIMENTO UNIFICADO EM DEFESA DO SERVIÇO PÚBLICO MUNICIPAL - MUDSPM/RJ
 
SEPE-RJ - Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
 
AAPO – Assoc. dos Analistas de Planejamento e Orçamento do Município do Rio de Janeiro
 
AAGPM – Assoc. dos Analistas de Gerenciamento de Projetos e Metas
 
ACAM – Associação dos Controladores de Arrecadação do Município do Rio de Janeiro
 
AFAERJ – Associação dos Fiscais de Atividades Econômicas do Município do Rio de Janeiro
 
ASSERCAM - Associação dos Servidores da Câmara Municipal
 
AGENTEFAZ - Associação dos Agentes de Fazenda do Município do Rio de Janeiro
 
APROLE - Associação dos Profissionais e Pensionistas do Poder Legislativo
 
ASCONT – Associação dos Servidores da Controladoria Geral do Município do Rio de Janeiro
 
AFARIO – Associação dos Funcionários Administrativos da Cidade do Rio de Janeiro
 
SINTSAUDERJ – Sindicato dos Trabalhadores no Combate as Endemias e Saúde Preventiva no Estado do Rio de Janeiro
 
SEAERJ – Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos do Estado do Rio de Janeiro
 
SINMED-RJ – Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro
 
SATEMRJ – Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem
 
SASSERJ - Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Rio de Janeiro
 
SINCAF – Sindicato Carioca dos Fiscais de Rendas
 
SINDENFRJ – Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Rio de Janeiro
 
SINDPSI-RJ – Sindicato dos Psicólogos do Estado do Rio de Janeiro
Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450