Saúde e DDHH
14/06/2017
Rede municipal do Rio vai parar e participar da greve geral no dia 30/6

Os profissionais de educação da rede municipal do Rio vão se juntar aos profissionais da rede estadual e ao conjunto dos trabalhadores para aderir à greve geral convocada por todas as Centrais Sindicais no dia 30 de junho contra as reformas trabalhista e previdenciária que vem sendo implementadas por esse governo ilegítimo e corrupto de Temer.


Assim como os profissionais da rede estadual e demais trabalhadores vem sofrendo com as propostas dos governos federal e estadual que atacam os nossos direitos, a rede municipal também está sob ataque do prefeito Crivella, que já anunciou “problemas de caixa” no município do Rio e ameaça jogar a conta da crise nas costas dos servidores municipais. 


No dia 20 de junho ocorrerá um "esquenta" da greve, com uma manifestação principal no Centro do Rio que as centrais irão marcar e a proposta do Sepe é a de que todas as redes participem destas atividades preliminares ao dia 30 de junho, data da greve geral nacional.


Leia abaixo a nota das Centrais convocando para a Greve Geral dia 30/06:


UNIDADE E LUTA EM DEFESA DOS DIREITOS


As centrais sindicais, (CUT, UGT, Força Sindical, CTB, Nova Central, CGTB, CSP-Conlutas, Intersindical, CSB e A Pública- Central do Servidor), convocam todas as suas bases para o calendário de luta e indicam uma nova GREVE GERAL dia 30 de junho.


As centrais sindicais irão colocar força total na mobilização da greve em defesa dos direitos sociais e trabalhistas, contra as reformas trabalhista e previdenciária, contra a terceirização indiscriminada e pelo #ForaTemer.


Dentro do calendário de luta, as centrais também convocam para o dia 20 de junho – O Esquenta Greve Geral, um dia de mobilização nacional pela convocação da greve geral.


Ficou definido também a produção de jornal unificado para a ampla mobilização da sociedade. E ficou agendada nova reunião para organização da greve geral para o dia 07 de junho de 2017, às 10h na sede do DIEESE.


AGENDA


– 06 a 23 de junho: Convocação de plenárias, assembleias e reuniões, em todo o Brasil, para a construção da GREVE GERAL.


– Dia 20 de junho: Esquenta greve geral com atos e panfletagens das centrais sindicais;


– 30 de junho: GREVE GERAL.


ASSINAM ESSA NOTA:


CGTB – Central Geral dos Trabalhadores do Brasil


CSB – Central dos Sindicatos Brasileiros


CSP Conlutas – Central Sindical e Popular


CTB – Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil


CUT – Central Única dos Trabalhares


Força Sindical


Intersindical – Central da Classe Trabalhadora


NCST – Nova Central Sindical de Trabalhadores


Pública – Central do Servidor


UGT – União Geral dos Trabalhadores
Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450